Que equipamentos fotográficos são caros todo mundo sabe. Mas e o que a gente faz quando a vontade de ter uma lente nova ou uma câmera para backup é imensa?

E, pior, como agir ao perceber que mesmo se parcelássemos em várias vezes esse valor ainda fugiria do nosso orçamento? Nesse momento nossa cabeça passa a pensar em diversas soluções. Algumas são totalmente inviáveis, já outras mais prováveis como, por exemplo, comprar equipamentos usados.

lentes_canon

Mas aí surgem outras dúvidas: onde comprar? Como saber se o equipamento está em boas condições de uso? E se for golpe? Quando a gente pensa em todos esses impasses, é quase instintivo querer desistir e economizar dinheiro para comprar o dispositivo direto de uma loja, mas calma! Há maneiras de você se certificar de que está comprando apetrechos de qualidade.

Cuidados básicos

Em primeiro lugar, você precisa comprar de alguém de confiança. Não necessariamente de alguém que você conheça, mas de uma pessoa que lhe prove que o negócio dela é sério. E como saber se pode confiar no vendedor? Perguntando!

Questione se ele já vendeu esse tipo de equipamento antes, quanto tempo tem de uso, em que locais o dispositivo e para qual estilo de fotografias foi usado, como você deve proceder caso o equipamento não esteja nas condições descritas. Enfim, pergunte tudo o que você achar necessário saber e, se possível, converse com outras pessoas que já compraram desse vendedor ou analise o “status” dele em plataformas de vendas como Mercado Livre.

Depois que você esclarecer todas as suas dúvidas, peça fotos detalhadas do equipamento que você quer adquirir. E por detalhadas quero dizer de todos os cantinhos. Mesmo. É muito importante que você confira se o dispositivo apresenta arranhões ou marcas de batidas e se ainda é possível ler as informações escritas nele.

como-comprar-uma-câmera-DSLR-usada-Fotografia-Dicas-6jpg

Crédito da imagem: site Fotografia Dicas

Caso o que você queira comprar seja uma câmera, além dos cuidados que falei acima você deve observar se o visor e monitor não apresentam arranhões, se as letras escritas nos botões podem ser facilmente lidas e se não há sinais de mau uso como sujeira acumulada. O mesmo cuidado vale para flashes.

Outro ponto muito importante de ser observado antes de comprar qualquer câmera, é saber a contagem de clicks dela. Como você sabe, a vida útil da câmera é determinada pelo número de fotos que ela já fez. Para descobrir isso, peça para o vendedor fazer uma foto qualquer com a máquina e enviar para você (a foto não deve ter nenhum tipo de edição), acesse este link: www.nikonshuttercount.com, faça upload da imagem e o site dirá qual a contagem de clicks. O ideal é que a câmera tenha menos da metade do número de disparos que define sua vida útil.

Quer saber quantos clicks definem a vida útil da sua câmera? Há alguns sites na internet que oferecem estimativas, mas elas variam bastante. Em média, câmeras de entrada como a linha D3000 e D5000 da Nikon e a linha Rebel, T5i da Canon, chegam a 50 mil cliques. Já as câmeras de transição, intermediárias, como D7200 e 80D vão até 100 mil cliques. E as câmeras top, full frame, fotografam entre 200 e 300 mil cliques.

como-comprar-câmera-DSLR-usada

Crédito na imagem: site Fotografia Dicas

Já se o que você quer adquirir é uma lente, precisa se certificar além de não haver arranhões e batidas se há fungos no vidro da traseira dela. É preciso conferir, também, se o anel de zoom não está descolando da lente, pois isso pode indicar que ela não foi manipulada com cuidado, além de dificultar o manuseio do zoom.

Ao comprar flashes, também é necessário estar atento a detalhes que podem lhe salvar de adquirir um equipamento não tão bom. Assim como nos demais casos, o primeiro item a ser avaliado é a aparência do dispositivo, além de observar de modo geral se há sujeiras ou arranhões, olhe também no compartimento de pilhas para saber se há vazamentos e até mesmo fungos. Certifique-se também de que a lente plástica em frente a lente não possui sinais de queimadura ou derretimento, isso é sinal de uso excessivo.

Onde/de quem comprar?

Você já sabe quais cuidados deve tomar, certo? Mas, provavelmente, ainda está em dúvidas sobre onde comprar. Além de plataformas como Mercado Livre e OLX que são específicas para vendas, uma boa ideia pode ser pesquisar nos grupos de Fotografia no Facebook, afinal a probabilidade de ter um fotógrafo fazendo upgrade de equipamentos e querendo vender os seus dispositivos usados são grandes.

Outra opção é você comprar em estabelecimentos que revendem equipamentos usados como a Consigo (www.angelfoto.com.br). Esse tipo de loja realiza uma triagem para ter certeza que os apetrechos a ser vendidos estão em boas condições de uso, dessa forma você tem mais segurança na hora de você comprar.

Não é raro comentarmos com algum amigo ou conhecido que estamos a procura de novos equipamentos e a pessoa sair com uma lista de indicações, mas cuidado! O que sobra de boa intenção para ajudar, falta de conhecimento técnico sobre equipamentos, principalmente quando eles não são novos. Por isso, caso alguém que não tenha conhecimentos técnicos sobre fotografia lhe indique equipamentos, agradeça, mas procure conversar com quem entende do assunto.

E quem melhor pra indicar equipamentos que professores de fotografia, certo? Por isso, se você estuda ou já estudou fotografia, converse com seus instrutores e peça ajuda.

Quer uma dica? Troque uma ideia com o instrutor Leandro, por vezes ele tem boas indicações de câmeras de alunos. Quer falar com ele? Basta enviar um email (contatocurso@qualificarbrasil.com) aqui para a Escola com o título – Procuro Câmera Usada.

Finalizando a compra

Você achou o equipamento que precisava, com valor em conta e, aparentemente, está tudo em ordem. Qual a melhor maneira de proceder? Em primeiro lugar, não esqueça da primeira dica que é comprar de vendedores confiáveis e que lhe garantam um dispositivo de qualidade e garantias para o caso de acontecer algum problema.

como-comprar-camera-DSLR-usada

Procure também efetuar o pagamento através de plataformas seguras como Mercado Pago, PagSeguro, entre outras. Elas garantem que o vendedor só receberá o dinheiro após você receber e qualificar o produto. Assim, se houver quaisquer problemas com a entrega ou com o apetrecho, você pode reaver seu dinheiro.

Faça prints do anúncio e de todas as mensagens trocadas com o vendedor, além de e-mails que confirmam sua compra e pagamento. Essa é uma forma de garantia no caso de não vir o equipamento que você solicitou ou se as condições em que você o recebeu sejam outras que não as indicadas no anuncio. E lembre-se: você pode sempre recorrer a órgãos de defesa do consumidor, como o PROCON, caso sinta-se lesado com a compra.   

A compra e venda, online, de equipamentos usados vem crescendo cada vez mais e desde que saibamos nos proteger de possíveis fraudes, é uma ótima opção para quem não tem como investir em equipamentos novos.

Quer conhecer mais sobre modelos de câmeras? Acesse o Guia de Câmeras da nossa Escola e entenda as diferenças entre os modelos e marcas Canon e Nikon.

Bons estudos! Bom trabalho!

Um abraço! Aline Tonini e Equipe Qualificar Brasil Cursos

Se ainda não acompanha nossos e-mails, envie seu endereço pelo formulário abaixo e receba outras matérias importantes como esta.

Share: